Segunda-feira, 23 de Março de 2009
Cognição Social

 

Cognição Social
 
                     Impressão/percepção
                                                   
                                                 Ideia geral
                                                   
                                                 Categorização – É um grupo
                                                   
                                                  Indícios
 
Cognição Social
              Conjunto de processos cognitivos que estão na base do modo como encaramos os outros, a nós próprios e à forma como interagimos.
 
Impressões
              São processos através dos quais se organiza a informação acerca de outra pessoa de modo a integrá-la.
 
Categorização
              Consiste no agrupamento de objectos, pessoas ou situações em diferentes classes segundo as suas diferenças e semelhanças. É um processo psicológico que ordena o ambiente.
              A categorização permite simplificar a complexidade do mundo social. Quando incluímos uma pessoa numa determinada categoria, essa categoria contempla geralmente 3 tipos de avaliação:
                        - Afectiva: Gostamos ou não da pessoa;
                        - Moral: A pessoa é boa ou má;
                        - Instrumental: Competente ou incompetente;
Indícios
              Formamos as impressões a partir de certos indícios:
                        - Indícios Físicos: Alta, magra, loura, gorda. Certas características podem remeter para determinado tipo de personalidade ou categoria social;
                        - Indícios verbais: O modo como a pessoa fala surge de indicador, por exemplo, de instrução;
                        - Indícios não verbais: O modo como a pessoa se veste ou a sua gestualidade;
                        - Indícios comportamentais: O conjunto dos seus comportamentos.
              A partir destes indícios, formamos uma impressão global representada numa determinada categoria.
                       
Efeito das primeiras impressões
                        - Persistência: A primeira impressão tem tendência a manter-se mesmo quando as informações posteriores a contradizem.
 
 
 
Expectativas
              Da primeira imagem com que ficamos de uma pessoa, criamos expectativas.
              Expectativas são modos de caracterizar as pessoas, provendo o seu comportamento e atitudes.
              Efeito das expectativas       
                        Normalmente as expectativas positivas geram comportamentos positivos.
                        As expectativas que temos influenciam os nossos comportamentos positivos. Em resposta, o outro pode desenvolver uma melhor auto-imagem.
                        Comportamo-nos tendo em conta o que os outros esperam de nós.
 
Estereótipos
           Crenças a propósito de características, comportamentos ou atributos dos membros de um determinado grupo.
              Na base dos estereótipos está um processo de categorização. O estereótipo aplica-se a um grupo.
 
              Função dos estereótipos:
                   - Função sociocognitiva: Fornecem-nos informações em relação às características de um determinado grupo, ordenando o real e dando-lhe um sentido.
                        - Função socioafectiva: Relaciona-se com o sentimento de identidade social. Reconhecemo-nos enquanto pertencentes a um grupo com o qual nos identificamos.
              Características dos estereótipos:
                        - Simplicidade: As imagens veiculadas pelos estereótipos são pobres.
                        - Uniformidade: O estereótipo é uniforme num dado grupo.
                        - Tonalidade afectiva: Nunca é neutro, ou é favorável ou não;
                        - Durabilidade e constância: Tem tendência a perpetuar-se no tempo;
                        - Preganância: O grau de adesão é variável. Adesão superficial ou profunda;
 
Atitudes
              Uma atitude não é um comportamento mas uma predisposição, uma tendência relativamente estável para uma pessoa se comportar de uma determinada maneira. Corresponde à nossa posição relativamente à realidade social.
              As atitudes permitem-nos interpretar, organizar as informações. O mesmo acontecimento é interpretado de maneiras diferentes consoante as atitudes dos indivíduos.
             
              Comportamentos das atitudes:
                                   - Componente afectiva: Constituída pelo conjunto de ideias, informações ou crenças que se têm sobre um dado objecto social.
                                   - Componente comportamental: Conjunto de reacções, de respostas, face ao objecto social.

            As atitudes enquanto dispostas para agir de determinada maneira dependem das crenças e valores que se tem relativamente ao objecto social.

sinto-me: Bem
publicado por Psicologia A às 19:54
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Julio Almeida a 9 de Março de 2010 às 17:51
Qual(is) a(s) referência(s) bibliográfica(s), por favor?
De Alexandre a 11 de Março de 2010 às 23:51
Sim, também acho, é importante saber as referências bibliográficas, caso seja plágio ou algo do género
C=
Mas olha, ajudaste me bastante para o meu teste de amanhã a PSY
q=
Brigadão
De Amida cadir a 12 de Março de 2012 às 07:57
Peço a referencia bibliografika.

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
.posts recentes

. Pesquisa da Obediência

. Pesquisa conflito e coope...

. Mapa - Obediência

. Mapa - Intimidade

. Mapa - Amor

. Mapa - agressão

. Cidade de Deus - Filme

. Glossário

. Conceitos

. Preconceitos/filme – Bill...

.arquivos

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

blogs SAPO
.subscrever feeds